OBEDECER… MAS ATÉ QUANDO?

“Filhos, em tudo obedecei a vossos pais; pois fazê-lo é grato diante de Deus” Cl 3.20

Até que ponto um filho deve obedecer aos seus pais? Em princípio, ele deve obedecer sem limitações. O texto registrado acima, retirado da carta do Apóstolo Paulo à Igreja de Colossos, diz que é preciso obedecer em “tudo”.

Reflita, porém, que em Atos 5.29 está escrito: Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens”. A Bíblia ensina também, e como já vimos, que os filhos devem obedecer aos paisno Senhor (leia Ef 6.1-3). Dessa forma podemos entender que, se os pais são esponjas que estejam absorvendo continuamente os ensinamentos de Deus, os filhos, ao obedecerem seus pais estarão obedecendo ao Senhor Deus. Porém, se os pais não se demonstrarem respeito com a lei do Senhor, em todas as questões onde surgirem dúvidas, importa obedecer a Deus.

Estão registradas em Atos 5.29, as palavras de Pedro afirmando que era importante obedecer a Deus e não a homens. Naquele contexto histórico, os apóstolos estavam recebendo ordens de uma “autoridade constituída” (e constituída por Deus!), para que não falassem no nome de Jesus Cristo. Os apóstolos, definitivamente não poderiam acatar, e não acataram, aquela ordem.

Pois bem, nós também precisamos buscar entendimento e discernimento para atender, antes de tudo, ao que manda o Senhor. Lembrem-se do exemplo de Daniel e seus amigos, que foram condenados à fornalha por “não” atenderem ordens de uma autoridade, neste caso, o Rei Nabucodonosor: a ordem era para que adorassem um deus estranho à sua fé.

Concluindo o pensamento, podemos afirmar que os filhos têm a obrigação de obedecer aos pais e ambos têm a obrigação de obedecer e louvar a Deus.

Certo assim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image