EXPERIMENTAR DEUS HOJE…

“Com os ouvidos eu tinha ouvido falar a teu respeito; mas agora os meus olhos te veem.”  Jó 42.5

É possível ao crente hoje, ter uma experiência de Deus como a que teve Jó, que saiu do campo da mera abstração para a mais concreta prática? É possível, no tempo presente, ver a Deus, como este texto parece nos dizer? Bem, estas são questões muito profundas, de maneira que, neste pequeno espaço, seria pretensão minha ao menos tentar respondê-las.

No entanto, o que sabemos do Deus revelado nas Escrituras é que, muito embora puro espírito e, portanto, transcendente, ele é, também, imanente, ou seja, está profunda e especialmente envolvido com a história humana, agindo de maneira direta, intervindo na vida dos seres humanos, ao ponto de ouvir a sua aflição, libertando-o da escravidão (Ex 3.7-8).

Assim, muito embora não possamos vê-lo tête-à-tête, como vemos uns aos outros, podemos conhecê-lo através das Sagradas Escrituras, que é a sua Palavra revelada aos homens, a respeito de si mesmo e de sua relação para conosco.

A sua Mensagem nos leva a concluir que a experiência de Deus se dá, não como imaginavam os místicos medievais, que se afastavam do mundo e se recolhiam a uma vida cenobítica, numa clara rejeição à realidade terreal; esta experiência se dá no aqui-agora, como homens e mulheres inseridos no mundo do trabalho, da família e da congregação dos crentes.

Jó teve essa experiência de Deus, indo desde uma vida próspera e feliz junto aos seus, ao ponto diametralmente oposto, quando experimentou a miséria, a doença, a dor e o desprezo daqueles que se diziam seus amigos de primeira hora. E, ainda assim, não sucumbiu, conservando a fé e a amizade de Deus. Talvez, por essa razão, tenha dito que “antes eu te conhecia só por ouvir falar, mas agora eu te vejo com os meus próprios olhos.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image